sexta-feira, 15 de maio de 2009

Sensações


Vi, olhei, cantei, sorri
Li, viajei, amei, dormi
Ouvi, pensei, tentei, perdi
Sofri, levantei, andei, parti.

sexta-feira, 8 de maio de 2009

Solidão eterna


Olha e não vê
Ouve e não sente a presença
Percebe os erros
E pensa como consertá-los
Talvez seja tarde demais
É preciso ter coragem de assumi-los
E tentar corrigi-los
Daquela vez também foi assim
Mas tornou a errar
Caiu no descrédito
Talvez ainda perdoem
Pode tentar ser uma pessoa melhor
Só não pode repetir os erros
As pessoas cansam
A natureza cansa
O mundo cansa
E vai ficar só mais uma vez
Desta vez pra sempre
Vai se sentir triste outra vez
Vai perceber que as pessoas deixam de amar
Deixam de querer bem
Vai se arrepender
Vai ao bar da esquina e vai beber
Mas de que adianta beber
Se no dia seguinte a dor vem
Se a sua consciência vai doer
Se já perdestes seu amor
Se já perdestes as pessoas que te amavam
E que amava
Dessa forma não há mais salvação
Desse jeito a mágoa e a solidão vão invadir
Vão tomar conta
E foi assim
Queria tanto a liberdade
Buscou toda a felicidade
E acabou só por toda a eternidade.

domingo, 19 de abril de 2009

Quando o que se crê vira decepção



Um dia desses revirando os meus vídeos encontrei este.
E revivi toda a dor que senti naquele novembro de 2007.
Não estava lá, mas isso aconteceu na universidade em que estudo e que sonhei me trazer bons conhecimentos e experiências boas que levaria para o resto da vida e que me tornariam uma pessoa de bom caráter e mais humana.
Jovens foram violentados por uma policia que deveria defender a nação e não coibir as reivindicações de estudantes que não queriam ver a decadência do bom ensino público superior que ainda presta neste país.
Foram presos por uma polícia que deveria prender os corruptos e os que de fato vão contra a lei.
E o mais revoltante é que numa universidade com cerca de 21 mil alunos na época, a grande maioria, ou praticamente 21 mil se calou, como se isto estivesse acontecendo em outro mundo.
É triste ver para onde caminha a juventude brasileira.
E infelizmente ela caminha para o total descaso com as questões pertinentes para a melhora da vida dos próprios brasileiros.
O total conformismo da sociedade brasileira me deixa revoltada.
Não se luta mais nem pelo que se acredita.
Cadê aquela juventude que deu a vida durante o regime militar?
Cadê as pessoas que defendiam com garra seus ideais?
Nem parece que o mesmo país e a mesma universidade foram palcos de perseguições, onde jovens foram presos, torturados e exilados porque não aceitaram calados a repressão.
Hoje atravessamos mais um momento difícil, após a aprovação do REUNI, que prevê o aumento das vagas nas universidades públicas em 5 anos, sem o devido cuidado e planejamento principalmente com assistência estudantil, agora um novo projeto de Lei pretende acabar com os vestibulares, o processo seletivo deverá ser feito por uma prova nos moldes do Enem(Exame Nacional do Ensino Médio).
Creio que se as coisas continuarem assim, em algumas décadas a educação do país estará um verdadeiro lixo.
Estou decepcionada com o mundo e principalmente com as pessoas, os políticos estão fazendo o que querem, roubam nosso dinheiro e ainda estão acabando com o que de bom ainda podemos ter, o acesso ao conhecimento.
Após ver em outubro de 2007 uma fraude em um órgão superior da mesma universidade, onde o REUNI foi aprovado numa reunião do Conselho que durou pouco mais de 5 minutos em meio a uma confusão, em que até a ATA da reunião foi assinada as escondidas, sinceramente não levo mais esse país a sério, ele é uma verdadeiro circo. E nós...
Nós somos os palhaços.
São as sinceras palavras de alguém que sonhou um dia viver num mundo em que todas as pessoas pudessem ter as mesmas oportunidades, mas do jeito que está fica bem difícil.

sábado, 4 de abril de 2009

Dias e sonhos



Há dias que acordo pensando em você
Pensando se vou te encontrar
Se vais me amar

Há dias que acordo pensando se você realmente existe
Pensando se me notas
Ou se pensas em mim

Há dias que olho pela janela e espero a sua chegada
Penso como estarás vestido
E como estará o seu semblante

Há dias em que deito na cama e durmo pensando em você
Pensando em ter mais um sonho contigo
E como será este encontro

segunda-feira, 9 de março de 2009

Volta às aulas smileara.com


Parece até título de propaganda de papelaria e lojas de artigos escolares. Mas não é.
As férias acabaram, e com ela foi-se a folga de ficar o dia todo sem fazer nada, mais uns dois meses de férias me deixariam bem, mas não é possível.
Essa semana a batalha recomeçou.
É batalha mesmo... Não estou abusando da boa e velha hipérbole.
Para uma estudante de Física e uma pessoa normal que sou, com problemas e complexos, a cada semestre bem sucedido realmente foi mais uma batalha vencida, e a cada um que começa, mais uma batalha começa.
Resolvi falar de mim, de uma pessoa simples, que procura a felicidade em tudo.
Uma pessoa que possui os mais variados defeitos, mas que busca ser a mais verdadeira possível. Às vezes se excedendo, mas isso faz parte.
Bem, essa semana que passou foi melhor do que eu pensava, pude rever pessoas que não via há tempos no 1º dia de aula, pude conhecer algumas pessoas muito legais, e que me fizeram bem nesses dias.
Apesar de querer mais tempo de férias, estou empolgada com o semestre, acho que vou gostar das matérias, minha vida social vai ficar um pouco de lado, mas até que já me acostumei, são 06 semestres nessa situação.
O que consola são os momentos de gargalhada quando estudo com meus amigos, ou na sala de aula com alguma piada, esses são os bons momentos. Na verdade, eu dou risada sempre, mesmo nos momentos mais tensos.
Não quero nem pensar que terei momentos de tensão antes das provas, de apresentações de seminários, de produção de relatórios, esses últimos então me tiram do sério.
Procuro um porto seguro para que a batalha seja menos árdua, e Ele é Deus, por isso amigos:
"...Não desista dos teus sonhos,
Deus tem o melhor pra você..."(Pimentas)
Enfim, que tudo dê certo! E que possamos aproveitar bem cada dia e cada momento.
Carpe Diem!

quinta-feira, 19 de fevereiro de 2009

Lembrança


É como acordar e ver que não era apenas um sonho.
Não foi um sonho, e sim a mais pura realidade.
Mas que coisa, por um instante pensou que tudo fosse um sonho, pensou que nada disso tinha acontecido, pensou que estava tudo bem, mas não estava.
Mas algo tinha mudado, as pessoas já não eram as mesmas, o mundo havia mudado.
Mas algo o deixava intrigado... Era ou não um sonho?
De tudo algo marcou, uma angústia que não saía do peito, uma agonia... Algo inexplicável.
No mesmo momento que parecia estar completo, tudo se desfazia em milésimos de segundo.
Com lágrimas no olhar, um olhar perdido, uma pessoa perdida, não há o que dizer, não há o que fazer.
Não há descrição em lugar algum sobre tal sentimento.
É como se perder em um enorme labirinto em que os seus maiores medos são postos à prova.
Não há como pôr pra fora essa dor.
Pensou se um dia isso acabaria, pensou num motivo, pensou no por que disso tudo.
Seria tudo apagado como pegadas na areia?
E a angústia estava matando por dentro, e a incerteza deixava tudo mais confuso.
Não saber o que estava acontecendo certamente deixava tudo mais triste.
Não vê a hora de tudo passar.
Espera entender tudo e poder respirar aliviado.
Espera se livrar de toda a dor, e de tudo que o deixava aflito.
Espera olhar e ver que tudo está no passado, que tudo fora apenas suas lembranças sendo revividas.

domingo, 8 de fevereiro de 2009

Felicidade




Há dias em que estamos felizes... Distribuímos risos... Distribuímos felicidade... Talvez esses sejam os melhores dias das nossas vidas... Os dias em que estamos com quem amamos... Nada do que dizem por aí, mansões, carros e muito dinheiro... Certo, não vou negar são necessários, mas uma vida feliz é muito mais que ser rico.
Mas o que é mesmo ser feliz?
Eis que esta é uma das perguntas mais difíceis de serem respondidas.
Creio que cada pessoa define felicidade da sua maneira e modo de enxergar as coisas... não me preocupo com definições, prefiro viver a felicidade.
Coisas simples me deixam muito feliz... um abraço dos amigos... um carinho de meus familiares, fazer e estudar o que gosto... com saúde isso sempre vai me bastar.
A cada pôr-do-sol, a cada dia que se finda... devemos deixar o que aconteceu de ruim morrer, a cada amanhecer, renovar as esperanças. Pois,
O choro pode durar uma noite, mas a alegria vem pela manhã" Sal.30:5
A vida tem sido bem difícil... não que a minha tenha sido tão ruim assim, mas o mundo está numa situação caótica, e não há como fechar os olhos para isso.
Mas é preciso fazer limonadas com os limões que a vida nos dá, não se pode desanimar, se deve sorrir sempre, mais e mais.
É preciso valorizar as coisas simples da vida, tirar o melhor de tudo... não é só de vitória que se vive o homem.
Aliás,
"Eu que já não quero mais ser um vencedor,
levo a vida devagar pra não faltar amor"

O Vencedor-Los Hermanos

Procuro me contentar com o que tenho,mas buscando sempre elevar a minha pessoa, quero ser uma pessoa melhor a cada dia, sem perder a minha identidade, sem perder a simplicidade, sem esquecer das minhas raízes e dos meus amores. Assim, creio que serei sempre feliz.

domingo, 1 de fevereiro de 2009

Anjo

video

Acredita em anjo?
Pois é, sou o seu
Soube que anda triste
Que sente falta de alguém
Que não quer amar ninguém
Por isso estou aqui
Vim cuidar de você
Te proteger, te fazer sorrir
Te entender, te ouvir
E quando tiver cansada
Cantar pra você dormir
Te colocar sobre as minhas asas
Te apresentar as estrelas do meu céu
Passar em Saturno e roubar o seu mais lindo anel
Vou secar qualquer lágrima
Que ousar cair
Vou desviar todo mal do seu pensamento
Vou estar contigo a todo momento
Sem que você me veja
Vou fazer tudo que você deseja
Mas, de repente você me beija
O coração dispara
E a consciência sente dor
E eu descubro que além de anjo
Eu posso ser seu amor. =)

sábado, 31 de janeiro de 2009

Espero


“Se meus joelhos não doessem mais, diante de um bom motivo que me traga fé, que me traga fé...”

Todo dia ao sair de casa me deparo com a ‘vida real’. Isso mesmo a vida real. Consigo perceber a felicidade e a tristeza no olhar e nos gestos das pessoas.
Se os meus olhos pudessem registrar esses momentos como câmeras seria espetacular e decepcionante observar o comportamento humano.
Vejo coisas bonitas, como a vista da Baía de todos os Santos, mas também vejo coisas tristes, como pessoas dormindo debaixo de marquises, e madrugando nas filas dos Hospitais para tentar marcar uma consulta.
O descaso dos governantes é muito grande. O nosso sistema político é um grande circo... Os nossos políticos são grandes atores, só nos procuram pra fazer promessas e encenar preocupação e desejo de mudança... E os palhaços... Ihhh! Os palhaços somos nós. Nós que pagamos altíssimos salários a eles, para que organizem e melhorem as condições de vida da população, nós que damos a eles todas as regalias possíveis.
É muito triste ver crianças na rua, sem direito ao que todas as crianças deveriam ter, direito de estudar, de brincar, de ser criança na essência. É mais triste ainda, ver que pessoas simplesmente são marginalizadas da sociedade, e muitos ainda dizem q são marginais por opção. Como se fosse luxo escolher viver pedindo esmolas, como se fosse escolha viver numa vida miserável.

Sonho com o dia que todas as pessoas terão as mesmas oportunidades na vida, oportunidade de estudar, de ser feliz, de escolher a vida que terão.
Espero um dia não ler notícias de pessoas morrendo nas filas dos Hospitais por falta de atendimento.

Bem... Tenho fé em um dia ver as pessoas vivendo em PAZ e em HARMONIA. =)

quinta-feira, 22 de janeiro de 2009

O Mundo


O que está acontecendo com o mundo?
Onde vamos chegar assim?
Será que o fim está próximo?

Pois é... Está bem difícil, a cada telejornal podemos perceber que a situação está se agravando.
Pessoas matando por 01 real! Pois é, isso mesmo 01 real. Será que a vida de uma pessoa vale apenas 01 real?
Casos e casos todos os dias, pedófilos, traficantes e etc..
E sempre achamos que isso acontece apenas na casa do vizinho!
Por que será que o mundo está assim?
O que faz um pai molestar a filha? O que faz uma mãe molestar um filho?
E isso não está longe da nossa realidade... Está mais perto do que pensamos!
Nos últimos dias em todos os noticiários ouvimos falar muito sobre a guerra no oriente médio, segundo uma pesquisa em 20 anos de guerra gastaram em torno de US$ 12,3 trilhões.

Como pode isso enquanto crianças morrem de fome e sede? Como pode isso enquanto as cidades estão cheias de moradores de rua?
Gastam tanto com armamentos enquanto crianças são perdidas para o tráfico por não ter o que comer ou qualquer tipo de instrução para que sejam pessoas de bem.

Diante disso tudo onde fica a valorização da vida humana?
É caros amigos! A situação está complicada... e algo me diz que pode ficar pior ainda.
No dia de hoje não vejo solução imediata e nem a médio prazo! Eu deveria estar mais otimista como sempre fui, mas não consigo ver alternativa diante da situação em que o mundo, e principalmente, os seres humanos se encontram.